LESOES ELEMENTARES DERMATOLOGIA PDF

19 out. Exame objetivo. Inspeção. Palpação. Dermatoscopia .. Exame subjetivo. Exame físico geral: mucosas, anexos. 18 jul. Title Slide of Dermatologia Afecções Ulcerosas. Lesões elementares. melianedaud · Reflexologia guia prático. projetacursosba · O livro de. Trabalho realizado na Disciplina de Dermatologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de aprendizado reconhecendo as lesões elementares.

Author: Kajirr Shakagal
Country: Oman
Language: English (Spanish)
Genre: Spiritual
Published (Last): 20 November 2011
Pages: 144
PDF File Size: 9.56 Mb
ePub File Size: 7.76 Mb
ISBN: 733-6-58191-319-2
Downloads: 53140
Price: Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader: Dakazahn

Burns – Dermatologia Download Report. Published on Jul View 4. Se considerarmos a sade pblica, o principal problema dermatolgico envolvido ainda so as DSTs que, com exceo da uretrite, tm grandes implicaes dermatolgicas. Outros problemas, em especial no nosso meio, so a Leishmaniose, o Fogo Selvagem endmico no Brasil e a Hansenase.

Identificao idade, procedncia, raa Queixa e Durao os aspectos importantes so os mesmos da clnica Exame Dermatolgico realizado antes da HPMA porque o exame dermatolgico extremamente objetivo diferentemente da clnica e por isso facilita a integrao e a colheita adequada de elemenhares da histria do paciente.

Nessa fase a descrio do exame dermatolgico deve levar em conta a pele com descries especficas das Leses Elementaresbem como os anexos unhas, fneros, etc. Histria Pregressa da Molstia Atual Observar sempre as caractersticas iniciais das leses, seu modo de disseminao, tempo de disseminao, alterao de cor e textura, entre outros. Explorar tambm a presena ou ausncia de sintomatologia e, quando presente, caracteriz-la dor, ardor, prurido, etc.

LAD apresenta – Lesões Elementares da Pele

Antecedentes Pessoais So importantes em especial em alguns casos varicela-zoster, alergias, etc. Antecedentes Familiares Importantes na avaliao de doenas que tenham fatores genticamente determinados envolvidos, ou mesmo doenas multifatoriais. Exame Fsico Geral e Especial para concluses finais e observao dos outros aspectos do estado de sade do paciente. OrganismoAlteraes da pele podem traduzir manifestaes sistmicas assim a pele apresenta-se como uma janela da sade.

Alteraes da pele podem provocar alteraes sistmicas por exemplo nos casos de afeces crnicas prurido que no deixa o indivduo dormir o que repercute intensamente na sua qualidade de vida. Manchas angiomatosas quando h aumento do nmero de vasos em determinadas regies da pele.

Nesse caso no h alterao funcional, mas h um importante componente social. Lquen simples crnico associado ao enfisema associado a prurido, espessamento, vermelhido e descamao. Leishmaniose cutneo-mucosa H desfiguramento e alterao funcional grave, podendo haver inclusive alteraes da ingesto alimentar e da fonao devido ao acometimento da regio facial. Eritrodermia eritema difuso associado a descamao ictiose Essa descamao leva a um aumento da perda de protenas via aumento da perda de queratina.

Associa-se ao quadro uma diminuio da circulao esplncnica podendo levar a problemas de m-absoro. Esse desvio de circulao principalmente devido vasodilatao cutnea eritema. Otite estafiloccica pode disseminar levando liberao de grandes quantidades de toxina dermoltica culminando com acometimento da pele em diversas reiges do corpo e o indivduo fica semelhante a um grande queimado. Acantose nigricante hiperpigmentao e alteraes papilomatosas com espessamento da pele.

A epiderme dividida em trs camadas a saber: Camada Basal geralmente uma nica camada com as clulas responsveis pela proliferao so clulas fonte para a renovao epitelial. Entre as clulas da basal esto os melancitos responsveis pela produo da melanina.

Camada Espinhosa ou Malpighiana Maior parte da epiderme as clulas so bem unidas entre si atravs dos desmossomos da o nome de espinhosa Isso importante na formao da barreira. Camada Granulosa Camada fina que fica superficialmente espinhosa participa no acmulo de pigmentos. Camada Crnea Composta por clulas anucleadas compostas nicamente de queratina So e etapa final do amadurecimento da clula epitelial da pele.

Tem tendncia descamao e tambm so importantes dermatolofia proteo da pele formando uma espcie de elwmentares protetor do epitlio propriamente dito.

Na pele h uma integrao adesiva entre a epiderme e a derme. Partes da derme formam uma espcie de projeo que penetra na epiderme e constituem as papilas drmicas. Entre dermatologiq papilas drmicas adjacentes encontra-se epiderme que forma um cone e chamado portanto de dermatologua epitelial.

  LEANDRO STORMER PDF

A derme tem como principal constituinte o tecido conjuntivo com seus vasos e tambm contm os anexos da pele, a saber os folculos pilo-sebceos e as glndulas sudorparas crinas. Quando h penetrao de microorganismos na derme h uma resposta com vasodilatao e acmulo de leuccitos. Com isso h um acmulo regional de citocinas que estimulam a proliferao das clulas epiteliais levando assim a espessamento da epiderme com diminuio do pigmento produzido pelos melancitos na regio da base No s diminuio da produo como tambm maior espalhamento devido ao grande nmero de clulas sobra menos pigmento para as clulas individualmente.

As leses elementares so uma espcie de classificao geral das leses elemdntares pele e ela que d do diagnstico sindrmico de determinado paciente. A xermatologia disso podemos passar a utilizar outros mtodos para fazer o diagnstico nosolgico e etiolgico desse paciente. Essas leses elementares so classificadas em 5 grandes grupos: Eritema – Quando h vasodilatao a h uma vermelhido na regio. Essa mancha desaparece vitropresso VP ou dgito-presso DP.

Mancha Purprica – Se o processo de vasodiltao elementafes intenso ou quando h leso da parede vascular e as hemcias invadem a derme, h uma mancha mais escura purprica. Diferentemente do processo anterior essa mancha no some VP ou DP. Ocorre por exemplo no sarampo e rubola. Exantema Morbiliforme quando as regies eritematosas disseminadas so intermeadas por regies de pele normal Exantema Escarlatiniforme quando o processo difuso e no h pele normal intermediria.

No caso h bastante hiperemia e h ativao endotelial importante com uma grande participao de processo inflamatrio perivascular que d as caractersticas especficas de forma e contorno figurao. Normalmente esse processo inflamatrio mediado por clulas mononucleares. Normalmente um processo crnico Em alguns casos pode ser indicativo de linfoma. H importante alterao epidrmica, hiperemia e processo inflamatrio. No caso da psorase os neutrfilos presentes podem ser importantes na determinao de alteraes no crescimento da pele Algumas leses mais claras que o normal podem se dever a alteraes vasculares ausncia de vasos No exame dermatolgico, uma medida atritar a regio e observar sua colorao.

No caso de falta de vasos observar-se- que dermattologia regio perifrica fica mais vermelha que a regio central da leso indicando a descolorao por menor vascularizao.

Nesses casos, a compresso da regio perifrica a leso faz com que ela fique da mesma cor porque compresso h diminuio da vascularizao semelhante ao que acontece na leso. Esses processos de diminuio de vascularizao podem ou no ser genticos. Quando apresentam este fundo gentico so denominados Nevus anmico uma agenesia vascular localizada. Angioma M formao vascular com dilataes excessivas dos vasos ocorre em crianas e pode lesoess mostrar ddermatologia pequenas manchas de nascena que podem ou no sumir com o tempo.

Teleangectasia – processo de dilatao do capilar que passa a ficar visvel. Ocorre especialmente em idosos que tomam muito sol e apresentam pele clara e tambm em algumas doenas especficas, como por exemplo na hipertenso portal.

Cianose leses arrouxeadas nas extremidades devido a aumento da saturao da quantidade de hemoglobina reduzida acima de um determinado valor 5g. Podem ocorrer devido a alteraes da coagulao ou por leso vascular direta ou indireta. So caracterizadas elemengares no sumirem VP ou DP. So classificadas em dois tipos principais: Petquias leso derjatologia pequena de at 1 a 1,5 cm de formato lenticular Equimoses leses grandes resultantes de grande extravasamento de sangue ocorre em traumas contusos e distrbios da coagulao.

O processo pode se desenvolver sem vasculite nesse caso no h alterao da parede do vaso e sim da sua permeabilidade. Contrariamente, quando h vasculite, o processo decorre das alteraes sofridas pela parede vascular e, nesse caso o processo pode ser sistmico, idioptico ou leucocitoplstico sendo este ltimo o mais comum de ocorrer uma reao de hipersensibilidade.

Essas manchas purpricas ocorrem em processos inflamatrios em que h aumento da permeabilidade vascular com conseqente extravasamento de hemcias e formao de prpura. Manchas marron-enegrecidas Ocorre quando h alterao pigmentar superficial Manchas azuladas Quando h alterao pigmentar profunda na pele.

  ENEV 2099 PDF

Mculas so manchas pequenas menores que 1,5 cm e sem alteraes de relevo. A mancha hipocrmica pode ser de dois tipos: Melanocitopnica quando h diminuio da melanina por diminuio do nmero de melancitos Melanopnica quando h diminuio da melanina por diminuio de produo nos melancitos. Mcula Acrmica Diminuio da cor da pele por ausncia de melanina totalmente branca ocorre no Vitiligo. Microscopicamente a melanina que cai na pele. Ocorre mais comumente em mulheres grvidas. Melasma Aumento da melanina epidrmica ou derrame de melanina na regio mais profunda na derme.

Mancha senil uma alterao dermatolgica que acomete principalmente a derme uma leso plidoacinzentada decorrente, no s do processo de envelhecimento, mas tambm do processo de elastose que caracterizado por um efeito especfico da radiao solar UV-A sobre as fibras elsticas que causam alteraes diversas nessas fibras, incluindo seu agrupamento, e aumentam o envelhecimento da pele contribuindo na formao dessas manchas. Assim, a exposio luz solar um importante fator no desenvolvimento de manchas senis sempre lembrar que essas manchas normalmente esto localizadas em regies espostas ao sol: Degenerao hidrpica As alteraes das clulas epiteliais levam liberao de melanina que fagocitada pelo macrfago com isso forma-se uma rea de pigmentao irregular mantida um processo comum no Lues.

Semiologia dermatológica e lesões elementares by Ricardo Freitas on Prezi

Derrame Pigmentar Melnico processo de acmulo de melanina na derme com fagocitose pelos macrfagos parte fundamental do Melasma sendo uma dermatoolgia suas principais causas. Caroteno hipercarotenemia por ingesto exagerada. Tatuagens devido fixao do pigmento na derme devido ao de macrfagos que fagocitam esse pigmento e ficam a residentes levando manuteno da colorao da pele. Hemossiderina fagocitada pelo siderfago e corada especificamente pelo Azul da Prssia Ocronose Acmulo de pigmento castanho na articulao resultado de alteraes do metabolismo do cido homogentsico.

Nesses casos h uma alterao de pigmentao cutnea semelhante ao que ocorre no melasma Elementaers diferenciao entre a hemossiderose e a hemocromatose temos basicamente que a hemossiderose um processo local bem delimitado ao contrrio da cromatose que um lesoss mais sistmico.

Formaes SlidasPodem ocorrer por: Hiperplasia do epitlio Depsito de substncias como por exemplo amilide, mucina, lquido no edema Infiltrado inflamatrio importante. As formaes slidas so classificadas em: Placa papulosa eritemato-descamativa uma elemeentares caracterizada por uma ppula extensa formando uma placa que se apresenta avermelhada e com descamao e esfoliao.

As clulas da camada crnea da pele pode apresentar ainda alguns ncleos o que evidencia a sua imaturidade. Por isso tambm h pouca adesividade e h descamao. O espessamento caracterstico da placa dado especialmente pelo aumento da camada espinhosa e tambm e conseqentemente dos cones epiteliais.

So leses exofticas que podem ocorrer em doenas virais. Normalmente h aumento da camada espinhosa com formao de cristas epiteliais e papilas dermicas aumentadas papilomatose.

Ocorre em regies de pele fina dermatoligia mucosas. Nas vegetaes NO h aumento da queratina. Verrucosidade So leses semelhantes s vegetaes porm mais endurecidas porque devida ao aumento da camada crnea da epiderme forma uma leso papilomatosa exoftica.

Pode ocorrer em algumas regies e formas especficas: Um tipo especfico a Verruga viral que caracterizada por um papiloma com queratinizao em crista. Quando por edema, a formao slida apresenta-se bastante pruriginosa.

Nesse caso no h infiltrado. Urticria o exemplo tpico uma leso em que h edema por vasodilatao abrupta e eritema e que clinicamente fugaz e coa bastante. Um infiltrado inflamatrio perivascular bem discreto pode estar presenteColees LquidasPode ocorrer por agentes externos que ocasionam necrose e, nesse elemmentares a coleo lquida o resduo desse processo ou ento pode ocorrer tambm por edema nesse caso na epiderme diferenciando das leses slidas.

Podem ser classificadas em: